Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

País

Haddad pede atenção especial com "rolezinho" e busca espaços para jovens

Portal Terra

O prefeito de São Paulo Fernando Haddad afirmou, nesta segunda-feira, que pediu às secretarias municipais de Cultura e Igualdade Racial uma atenção especial com o chamado “rolezinho”, encontros marcados por jovens por meio da internet nos shoppings da capital paulista. A ideia, segundo Haddad, é criar mais espaços públicos aos jovens de São Paulo para que possam “usufruir na cidade”.

No último fim de semana, o shopping de luxo JK Iguatemi, em São Paulo, anunciou que obteve uma liminar na Justiça paulista que autoriza a proibição do “rolezinho”. De acordo com o prefeito, a liminar foi uma surpresa.

>> "Pobre é 'rolezinho', rico é flashmob", dizem internautas sobre polêmica

“Estamos em contato permanente com a juventude, sobretudo a Secretaria de Cultura e da Igualdade Racial. Essa questão do rolezinho surprendeu a iniciativa assim como a liminar concedida. Eu pedi para as duas secretarias que dialogam com esses setores para compreender melhor o propósito da coisa para que a gente possa avançar”, disse Haddad.

O prefeito da capital afirmou esse problema precisa ser discutido com a cidade e disse que a prefeitura já está tomando algumas iniciativas.

“Não é o caso de falar para prefeitura: ‘cuida dessas pessoas que o problema é seu’. É a cidade que tem que ser discutida. Temos que abrir espaços públicos para que as pessoas possam usufruir da cidade. Pedimos, por exemplo, para colocar iluminação pública nos CDCs. Assim você cria arenas que atraem o público jovem que quer se manifestar. Essas providências estão sendo tomadas”, explicou Haddad.

O petista afirmou ainda que o cumprimento da decisão judicial cabe ao Estado de São Paulo e não à capital. “Isso não tem nada a ver com o fato de as pessoas realizarem manifestações. O cumprimento de decisão judicial não tem nada a ver com a prefeitura. O Estado que tem esse dever”, disse.

Tags: encontro, justiça, polêmica, shopping, SP, vídeo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.