Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

País

Município mineiro recebe verba para ações de socorro às vítimas da chuva

Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Integração Nacional autorizou repasse de R$ 219,2 mil para o município de Sardoá, no leste de Minas Gerais, que teve o estado de calamidade pública decretado por causa das enxurradas que castigaram a cidade em dezembro. A portaria com a liberação de recursos para ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento dos serviços essenciais foi publicada hoje (8) no Diário Oficial da União.

Dos 22 mortos que ocorreram no estado devido às chuvas de dezembro, seis ocorreram em Sardoá, todos de uma mesma família, após um deslizamento de terra soterrar e destruir uma casa na área rural do município. Segundo o último boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado hoje, os temporais deixaram 226 feridos, 32.148 desalojados, 16.768 desabrigados, além de 9.906 casas danificadas e 591 destruídas. Cento e doze municípios foram afetados, dos quais 79 decretaram situação de emergência. Virgolândia, onde três pessoas morreram arrastadas pelas enxurradas, também decretou estado de calamidade pública.

Na semana passada, o Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em 56 municípios de Minas. O reconhecimento, feito pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, é necessário para que os municípios recebam ajuda federal para assistência às vítimas e outras ações emergenciais. Os recursos são repassados por meio do Cartão de Pagamento de Defesa Civil, cuja adesão é providenciada pela prefeitura local. O cartão foi criado em 2011 com o objetivo de garantir agilidade e transparência no repasse de recursos para cidades atingidas por desastres naturais.

Tags: MINAS, município, socorro, Temporal, Verba

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.