Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

País

Homem é condenado a 82 anos de prisão por queimar casa e matar família em SP

Portal Terra

A Justiça de São Paulo condenou Ed Carlos Alves Neca a 82 anos de prisão pela morte de Gilson de Oliveira Queiroz, sua mulher e dois filhos do casal, de 14 e 16 anos, em junho de 2008. No julgamento, ocorrido em dezembro de 2013, os jurados reconheceram que o acusado praticou quatro crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, emprego de incêndio e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas.

De acordo com a denúncia, Ed Carlos incendiou a casa onde as vítimas moravam quando elas dormiam por conta de uma dívida de R$ 40 com Gilson. “A pena deve ser cumprida em regime inicial fechado, seja diante do montante da pena, seja em virtude da hediondez do crime”, afirmou o juiz Guilherme Lopes Alves Lama na decisão.

Tags: família, Fogo, julgamento, morte, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.