Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Chega a 18 o número de presos por atentados no Maranhão

Portal Terra

Mais duas pessoas foram detidas por suspeita de participação dos atentados a ônibus e delegacias em São Luís na última sexta-feira. Ítalo Santos Costa, 21 anos, foi preso e o irmão adolescente, de 17 anos, apreendido. Eles foram encontrados no bairro Forquilha, em São Luís. Ao todo, já foram 18 prisões efetuadas.

Os dois suspeitos moram no bairro do João Paulo, local onde um ônibus foi incendiado. Já foram presos Hilton John Alves Araújo, 27 anos, conhecido como Praguinha; Jorge Henrique Amorim Martins, de 21 anos,  o Dragão, Wilderley Moraes, 25 anos, o Paikan; Diego da Silva do Carmo, 20 anos, o Mocozinho; Francisco Antônio Lobato Júnior, 26 anos, Frazão; Rogenilson Boaventura Brito, 22 anos, o Pelado; Luis Gustavo do Nascimento, 18 anos, conhecido como Melônio ou Gustavo e Ismael Caldas de Sousa, 25 anos, o Piranha, apresentados no último domingo (5).

Na segunda-feira, mais seis pessoas foram apresentadas. Foram três homens presos e três adolescentes apreendidos. A polícia apontou que Julian Jeferson Sousa da Silva, 21 anos, Laravardiere Silva Rodrigues Sousa Júnior, 31, conhecido como Júnior Black, e Sanção dos Santos Sales, 19, como integrantes do grupo que ateou fogo no ônibus.

Transferências

A secretaria estadual de administração penitenciária do Maranhão ainda não definiu quais os presos que serão transferidos para presídios federais. O secretário estadual de Justiça e Administração Penitenciária, Sebastião Uchoa, disse que está havendo uma análise apurada da lista de transferência de presos para presídios federais. “A decisão política já foi tomada, mas a decisão técnica é que estamos arregimentando. É uma burocracia que se torna ‘um mal necessário’. Nós não podemos transferir apenados só porque pertencem a uma facção criminosa. Nós temos que fazer uma avaliação rigorosa para não promovermos injustiças. Cada preso precisa ter seu histórico processual detalhado e somente após essa avaliação é que acontece uma eventual transferência”, falou.

O secretário adjunto de Estabelecimentos Penais, Hamilton Louzeiro, afirmou que a lista de transferência de presos não tem data para ser concluída. “Estamos fazendo o levantamento dos nomes, mas até a próxima sexta-feira será liberada a lista dos transferidos”, garante Hamilton.

A expectativa é que a transferência dos 25 presos ocorra até o final de semana. Serão 24 presos transferidos para outros Estados.

Tags: ataque, MA, morte, presídio, protesto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.