Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Fuvest: candidatos reclamam de prova de exatas e elogiam humanas

Portal Terra

Os primeiros candidatos a terminarem a prova na Escola Politécnica, na Cidade Universitária, no terceiro e último dia da Fundação Universitária para Vestibular (Fuvest), que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP) e para Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, reclamaram do conteúdo das provas de física, química e matemática, mas elogiaram as questões de geografia e história. O exame desta terça-feira teve 12 questões de duas ou três disciplinas relacionadas ao curso escolhido pelo candidato.

Lisa Werebe, 18 anos, que prestou vestibular para o curso de Letras respondeu a questões de história e geografia. “Achei que foi uma prova inteligente”, elogiou a estudante. Segundo ela, a prova abordou assuntos como a história da Alemanha e da União Soviética, além da Ditadura do ex-presidente Getúlio Vargas no Brasil.

Já Débora Diniz, 18 anos, que tenta cursar pedagogia, acredita ter se dado bem em história e geografia, mas não em matemática. “Essas duas foram mais tranquilas por serem na minha área, mas odiei a prova de exatas. Tentei, mas não saiu”, disse.

Gabriel Nespoli, 18 anos, prestou para gestão ambiental e concordou sobre as questões de exatas. “Geografia estava mais fácil, com perguntas sobre os conflitos entre as Coréias do Sul e do Norte e gráficos sobre a população brasileira. Mas química, com esterificação, estava mais ou menos. Física estava muito difícil, com questões sobre satélites e movimentação de astros”.

Mesmo Gustavo Pinheiro, 23 anos, que já é formado em engenharia, disse que as provas de matemática, química e física estavam difíceis. “Hoje estava pegado. Me formei esse ano e até ontem estava com esperança, mas mesmo para quem estudou muito em cursinho estava difícil”, disse.

Tentando cursar enfermagem, Bárbara Ferrai Ferreira, 18 anos, respondeu a questões de química e biologia e se mostrou confiante. “Biologia estava tranquilo e química eu achei que seria mais difícil. Fiquei surpresa, pois achei mais tranquilo que na primeira fase. Sei que a Fuvest tem essa característica, mas fiquei espantada porque achei tranquilo”.

Tags: fundação, provas, SP, universidade, vestibular

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.