Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

País

RS: 5 pedágios de estradas estaduais voltam a cobrar tarifas amanhã

Portal Terra

Cinco praças de pedágio voltam na terça-feira a cobrar tarifas em cinco municípios do Rio Grande do Sul, após sete dias sem a cobrança. As taxas voltam a valer nos pedágios localizados em Viamão, Santo Antônio da Patrulha, Gramado, Três Coroas e São Francisco de Paula.

A cobrança dos pedágios nessas praças ficou suspensa por sete dias devido à transferência da administração das praças à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que pertence ao governo do Estado. No dia 30 de dezembro de 2013, chegou ao fim o programa estadual de concessão de rodovias, fazendo com que a EGR voltasse a assumir esses pedágios.

Duas das praças ficam localizadas na região metropolitana de Porto Alegre - na ERS-040, em Viamão, e na ERS-474, em Santo Antônio da Patrulha. Outras duas ficam na região da serra - na ERS-235, em Gramado, e na ERS-235, em São Francisco de Paula. A quinta praça de pedágio fica no Vale do Paranhana, na ERS-115, em Três Coroas.

Nos pedágios de Gramado, Três Coroas e São Francisco de Paula, a tarifa tem preço único de R$ 5,90 para todas as categorias de veículos. Em Viamão e Santo Antônio da Patrulha, as taxas variam de R$ 5,20 a R$ 10,50, dependendo do número de eixos.

A EGR administra, ao todo, 14 praças de pedágio no Estado. A empresa foi criada em julho de 2012 com o objetivo de tornar os pedágios instituições público-comunitários. Eles são geridos por oito Conselhos Comunitários das Regiões das Rodovias Pedagiadas (Corepes).

A estatal tem um orçamento de R$ 182 milhões para 2014, para administrar cerca de 1 mil quilômetros. O objetivo é utilizar 80% desses recursos nas rodovias.

Tags: brasil, custo, preço, rodovia, via

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.