Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

País

Exército sobrevoa reserva indígena onde três homens desapareceram no AM

Portal Terra

A partir desta segunda-feira militares do Exército Brasileiro devem participar das buscas aos três homens desaparecidos há mais de 20 dias no município de Humaitá, na região sul do Amazonas, a 600 quilômetros de Manaus. Na última sexta-feira (3), policiais federais encontraram um carro carbonizado, semelhante ao utilizado pelos desaparecidos, dentro de uma área de mata na reserva dos índios Tenharim Marmelo.

O general Eduardo Villas Boas, comandante do Comando Militar da Amazônia (CMA), sobrevoará a área da reserva Tenharim para decidir se autoriza militares das tropas especializada em selva do Exército a participarem das buscas pelos desparecidos. 

A participação do Exército foi pedida pelos próprios parentes dos três homens, que não estariam confiando no trabalho de buscas feito por uma força tarefa composta por policiais federais, rodoviários federais, militares e civis.

No início de dezembro, os três homens viajavam de carro pela rodovia Transamazônica (BR-230) e desapareceram no trecho que cruza a reserva indígena Tenharim Marmelo. A suspeita é de que índios tenham matado o trio em uma suposta vingança pela morte de um cacique tenharim.

Ontem pela manhã, parentes dos três homens fizeram um culto ecumênico na cidade de Apuí, município vizinho a Humaitá, a 450 quilômetros de Manaus. Eles pediam providência das autoridades para localizar o professor Steff Pinheiro de Souza, o representante comercial Luciano Ferreira Freire e o funcionário da Eletrobrás Amazonas Energia Aldeney Ribeiro Salvador. 

Tags: Eletrobras, funcionários, índios, reserva, sumiço

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.