Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

CNJ já removeu 42 aviões sucateados em aeroportos

Outros 29 aguardam novos leilões até a Copa do Mundo

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro

Brasília - Lançado em fevereiro de 2011, o programa Espaço Livre – Aeroportos, da Corregedoria Nacional de Justiça, já possibilitou a retirada de 42 aeronaves de grande porte dos aeroportos brasileiros. São aviões que pertenceram a empresas aéreas de transporte de passageiros ou de cargas em situações falimentares e que, em algum momento, abandonaram os aviões nos pátios dos aeroportos.

Só no ano que passou, 23 aeronaves encostadas e deterioradas pelo tempo foram arrematadas em leilões, e já começaram a ser removidas: 14 pertenciam á Vasp, duas faziam parte da massa falida da Transbrasil, duas eram da empresa Beta, duas da Fly, outras duas da Skymaster e uma era da TCB.

De acordo com a juíza auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Mariella Ferraz de Arruda Nogueira, a meta agora é leiloar e retirar dos aeroportos as 29 aeronaves restantes até junho deste ano

“Justamente por conta dos eventos esportivos programados para os próximos anos, estamos em um período em que todos os principais aeroportos do país estão em obras”, explicou a juíza. “Por isso é muito importante a dedicação do Conselho Nacional de Justiça e da Corregedoria no auxílio aos juízes que têm aeronaves vinculadas a processos judiciais para que consigam fazer a remoção destes equipamentos”, explicou a juíza.

Tags: aeroporto, avião, Conselho, ESPAÇO, justiça

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.