Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

Redação da 2ª fase tem "tema típico" da Fuvest, diz professora

Portal Terra

O tema da redação da segunda fase "seguiu o padrão da Fuvest", afirma a professora Andrea Provasi Lanzara, do Cursinho da Poli. O candidato neste ano deveria escrever sobre o dever do Estado para com a população idosa.

A prova usava uma reportagem do jornal britânico The Guardian sobre uma polêmica declaração de um ministro japonês, que dizia que os velhos do Japão deveriam apressar sua morte para aliviar os gastos do governo. "Para o candidato, é um tema típico de segunda fase da Fuvest. Não é um tema fácil, mas é um tema que o candidato deveria estar preparado para poder trabalhar", diz a professora.

Segundo Andrea, a prova fazia perguntas que indicavam caminhos que o estudante poderia seguir. "A própria proposta indicava quais eram as implicações do ministro. O candidato poderia trabalhar a vertente ética, a vertente econômica ou a vertente cultural da afirmação."

Uma novidade deste ano, afirma a professora, é que o tema pedia não apenas que o candidato escrevesse um texto dissertativo-argumentativo, mas que o fizesse com o intuito de publicar em jornal, site ou revista.

Já a professora de Lingua Portuguesa, Eva Nobre, afirma que esta prova não foi o bicho-papão para os candidatos. "(Foi) uma prova que não apresenta nenhuma surpresa. Bastante tranquila", diz Eva, que afirma a Fuvest tem aplicado provas sem grandes dificuldades nos últimos anos.

Tags: fundação, provas, SP, universidade, vestibular

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.