Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Morre criança que se afogou com braço sugado por ralo da piscina em GO

Portal Terra

Morreu na madrugada deste sábado o menino Kauã Davi de Jesus Santos, 7 anos, que se afogou após ter o braço sugado pelo ralo de uma piscina na cidade de Caldas Novas (GO), onde passava o feriado de Ano-Novo. Ele ficou internado por três dias e, segundo boletim médico do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, foi a óbito por falência múltipla de órgãos por volta das 5 horas da manhã. 

O enterro está marcado para a manhã deste domingo (5), no cemitério Campo da Esperança, na capital federal. Em entrevista ao Terra, o tio da criança Kelves de Jesus Costa negou que tenha havido desatenção por parte dos responsáveis enquanto Kauã estava na piscina – hipótese, segundo ele, sugerida pelo condomínio Privé das Thermas I. 

“Minha mãe (avó do menino) estava ao lado da piscina e outros pais também”, afirma.  “Antes de tudo acontecer, uma pessoa que estava em férias por lá, foi à recepção para avisar que notou diferença no ralo das crianças, que estava sem proteção. Nenhuma providência foi tomada e isso aconteceu”, disse Kelves. 

Ele acrescentou que passado o luto da família “não há dúvida” de que os pais de Kauã vão processar o condomínio onde a família passava férias. Procurado, o condomínio Privé das Thermas não atendeu à reportagem.

Kauã Davi de Jesus Santos viajou para Caldas Novas para passar o feriado de Ano-Novo com dois irmãos, os pais e a avó materna. Segundo relatos da família, ele brincava em uma piscina destinada a crianças com profundidade inferior a 1 metro e com área de 16 metros quadrados. O acidente ocorreu no primeiro dia do ano e o garoto ficou cerca de 10 minutos submerso. A transferência para Brasília foi feita por meio de helicóptero.

Tags: afoga, criança, enterro, morte, piscina

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.