Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

País

Governo de SP cria tropa de elite e novo Copom de Campinas

Jornal do Brasil

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, inaugurou, neste sábado (4), o novo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) da região de Campinas. Alckmin também  assinou decreto que cria um batalhão especial e entregou 51 viaturas para reforçar o policiamento preventivo e ostensivo dos municípios de Campinas, Indaiatuba, Paulínia, Valinhos e Vinhedo.

"São três ações efetivas para melhorar a segurança da população da região", afirmou o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira. "A nova central de atendimento do 190 tem equipamentos modernos e policiais treinados para ajudar a população". O Governo investiu R$ 9,5 milhões no novo prédio.

Mais de 3,8 milhões de pessoas serão beneficiadas com a nova central. "Os policiais que trabalham no novo prédio vão poder atender a 38 municípios do interior de São Paulo", contabilizou Alckmin.

Com a mudança, o tempo de resposta da polícia aos chamados será menor.  Haverá 135 policiais para receber e despachar as ligações, sem o risco de as linhas congestionarem. Antes da regionalização, as chamadas ao 190 eram atendidas por um único policial, em cada turno, nas próprias Companhias da PM.

"As novas instalações do Copom possibilitam o avanço da regionalização da central, que está em sua segunda fase de expansão", disse. Por meio desse processo, as ligações feitas à PM pelos moradores da região de Campinas estão sendo automaticamente direcionadas à nova central.

A mudança permitirá, ainda, que cerca de 60 policiais - que atendiam aos telefonemas nas Companhias das cidades - voltem às ruas para reforçar o policiamento preventivo e ostensivo.

O serviço 190 também foi modernizado. Um sistema digital permite a gravação e cadastramento de todas as ligações. "O novo sistema melhora o planejamento e o controle das solicitações, além de ter o trabalho apenas de PMs capacitados para a função", detalhou Grella.

Atualmente 23 cidades já estão interligadas ao novo Copom. Até a semana que vem serão 25 - Campinas, Jundiaí, Indaiatuba, Valinhos, Paulínia, Vinhedo, Louveira, Bragança Paulista, Atibaia, Várzea Paulista, Itatiba, Itupeva, Campo Limpo Paulista, Tuiuti, Piracaia, Jarinu, Bom Jesus dos Perdões, Pinhalzinho, Joanópolis, Holambra, Jaguariúna, Vargem, Pedra Bela, Nazaré Paulista e Morungaba.

Os outros 13 municípios da região serão contemplados nas próximas fases do processo de expansão, que depende da instalação de antenas para fazer a comunicação direta do Copom com os rádios das viaturas. O novo prédio fica na Avenida João Jorge, 499, na Vila Industrial.

Ainda durante o evento, o governador assinou decreto que cria o Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP), que reúne as companhias de Força Tática de Campinas, Valinhos, Paulínia, Indaiatuba e Vinhedo. Para combater o crime de maneira mais ostensiva na região, as equipes atuam de forma semelhante aos padrões do policiamento de Choque.

"Na Capital, temos separados a Cavalaria, o Canil, a Rota [Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar], o batalhão de grandes eventos e a Rocam [Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas]. Em Campinas, os policiais serão treinados para todas as funções do Choque e reunidos num único batalhão", explicou o governador.

"Vão atuar no novo batalhão 413 policiais militares", informou o secretário. Todos passam por cursos e estágios para aprimorarem suas qualificações.

Tags: BATALHÃO, NOVO, pública, são paulo, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.