Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

País

Ministério confirma exoneração da coordenadora de saúde indígena em RR

Agência Brasil

O Ministério da Saúde confirmou a exoneração da coordenadora do Distrito Sanitário Especial Indígena de Boa Vista, Joana Claudete Schuertz. Os índios da etnia Yanomami protestavam desde o início da semana pela saída de Joana do cargo, sob a reclamação de má gestão e falta de fornecimento de medicamentos.

A decisão foi divulgada após reunião ocorrida hoje (3) na capital de Roraima entre a chefe de gabinete da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do ministério, Verbena Mello, e lideranças indígenas yonamamis. De acordo com a Sesai, a exoneração decorre depois que se avaliou “a gestão da saúde oferecida à população indígena yanomami”. Maria de Jesus do Nascimento, funcionária de carreira do distrito sanitário indígena de Boa Vista, assume interinamente a coordenação.

Dezenas de índios yanomami ocuparam o prédio da Sesai desde o início da semana protestando contra a administração de Joana Claudete. As alegações são de que, durante a gestão da agora ex-coordenadora, os investimentos e os remédios para a população indígena foram reduzidos, causando a morte de crianças por doenças simples como diarreia e pneumonia. Após a reunião, o prédio foi desocupado pelos índios.

Na segunda-feira (30), parte dos indígenas entraram a sala de Joana Claudete e a fizeram escrever o pedido de exoneração. Vídeo divulgado pela Associação Hutukara mostra que a ex-coordenadora foi retirada à força do prédio após assinar o documento.

A Sesai, secretaria criada para gerir a saúde indígena no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), não informou quando haverá uma nomeação definitiva para o cargo. A Fundação Nacional do Índio (Funai) se colocou à disposição da Sesai para auxiliar no caso.

Tags: cargos, demissão, Funai, indígenas, Ministério

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.