Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

País

Último caça francês Mirage é aposentado no Rio e FAB espera suecos

Portal Terra

O último caça F-2000 Mirage da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou pela última vez no Museu Aeroespacial (Musal), no Rio de Janeiro, onde permanecerá em exposição.

Os caças Mirage 2000 estão em operação desde 2006, quando foram comprados usados da França. A aeronave que pousou no Rio nesta terça-feira era a última em operação. Foram mais de 10 mil horas de voo com operações a partir da Base Aérea de Anápolis (GO). 

"Nossos Mirage cumpriram sua missão e agora dão espaço a equipamentos mais modernos, um ciclo se completa. É uma honra fazer o último voo, é um misto de tristeza e alegria", comenta o capitão aviador Augusto Ramalho, do 1° Grupo de Defesa Aérea, piloto da última missão do Mirage. 

Os caças franceses serão substituídos por 36 Gripen NG, da empresa sueca SAAB. O governo brasileiro vai pagar US$ 4,5 bilhões pelos equipamentos e pela transferência de tecnologia.

A defesa aérea na região central do País fica a cargo de caças F-5EM deslocados dos Esquadrões em Canoas (RS), Manaus (AM) e do Rio de Janeiro (RJ) para Anápolis. A modernização recente dos F-5EM na Embraer trouxe à aeronave novos sistemas eletrônicos, radar multimodo e capacidade de utilizar armamentos mais modernos.

Tags: aérea, aviões, brasileira, força, mirage

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.