Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

País

Músico baleado em saidinha de banco em 2011 é enterrado em Salvador

Portal Terra

O músico baiano Paulo César Perrone Júnior, 35 anos, foi enterrado sábado (28/12) no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. Ele morreu na madrugada, vítima de uma parada cardíaca. 

Perrone, que tocava na banda Estakazero, foi vítima de uma saidinha bancária no bairro do Caminho das Árvores, em Salvador, em 2011. Ele levou um tiro na cabeça, disparado pelo assaltante, e teve sérios problemas neurológicos.

Paulo, que era baterista da banda Estakazero, levou um tiro na cabeça e perdeu a coordenação dos movimentos
Paulo, que era baterista da banda Estakazero, levou um tiro na cabeça e perdeu a coordenação dos movimentos

O músico foi vítima do golpe quando saía de uma agência do Bradesco no bairro Pituba, em 19 julho de 2011, após sacar R$ 3 mil. De acordo com a família, as câmeras de segurança do banco mostram que, enquanto o músico conversava com a atendente do caixa, um homem sentado em um banco posicionado em frente enviava mensagens pelo celular. 

Depois de sacar o dinheiro, Paulo deixou a agência e foi seguido pelo homem. O músico entrou no carro, e ao parar em um semáforo, roubaram o dinheiro e efetuaram disparos. Um deles atravessou a cabeça do músico, que perdeu massa encefálica e ficou cerca de oito meses internado em estado grave. Ele ficou internado no Hospital Geral do Estado e no Hospital das Clínicas, estava em tratamento domiciliar, mas foi novamente internado em outubro.

Tags: BA, banco, saidinha, tiro, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.