Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

País

Haddad proíbe música alta em ônibus e aprova a criação do Parque da Augusta

Portal Terra

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), sancionou um projeto de lei que proíbe o uso de aparelhos musicais sem fones de ouvido em ônibus, trens e metrô. Segundo o projeto, o passageiro deverá ser orientado a desligar o aparelho e, caso se recuse, será orientado a se retirar do veículo. Caso o infrator se negue a fazer isso, a Polícia Militar poderá ser acionada. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O prefeito, porém, vetou o artigo 4º do projeto, que autorizava o poder público a multar o infrator em até R$ 5 mil, dobrando a multa em caso de reincidência. Aprovada em novembro na Câmara Municipal, a lei é de autoria da vereadora Sandra Tadeu (DEM).

Haddad aprova a criação do Parque Municipal Augusta

 Tema de discussão entre os moradores da região central de São Paulo, a criação do Parque Augusta ganhou um novo capítulo nesta terça-feira com a aprovação do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Conforme publicado no Diário Oficial, o Parque Municipal Augusta “terá como referência atividades relacionadas à prática de atividade física, educação ambiental e preservação da memória paulistana". As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O valor do projeto não foi divulgado, mas a última estimativa da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, deste ano, era de que o valor do terreno poderia chegar a R$ 70 milhões. A área havia sido declarada como de utilidade pública pelo então prefeito Gilberto Kassab (PSD) em 2008.

Em agosto, o decreto venceu e a prefeitura não concluiu a desapropriação, alegando não ter dinheiro para isso. Em novembro, as incorporadoras Cyrela e Setin confirmaram a compra da área, localizada em uma das regiões mais valorizadas de São Paulo, na rua Augusta, altura da rua Caio Prado. Desde o anúncio de compra, o local passou a ser ocupado por ativistas a favor da sua preservação. 

Tags: aparelhos, lei, musicais, projeto, sancionou

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.