Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

País

Saída para o feriado de Natal provoca congestionamentos em todo o País

Motoristas enfrentam engarrafamentos nas estradas do país desde a noite de sexta (20)

Portal Terra

Motoristas que decidiram viajar na manhã deste sábado para aproveitar o feriado de Natal encontraram dificuldades em algumas das principais rodovias do País. Em São Paulo, a situação mais complicada estava na rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Minas Gerais, com lentidão por excesso de veículos no sentido Belo Horizonte. Por volta das 10h30, eram registrados 39 quilômetros de congestionamento, entre os quilômetros 74 e 35. Já em Minas Gerais, na região de São Gonçalo do Sapucaí, era registrado outro trecho de lentidão, entre o quilômetro 805 e o quilômetro 807. Em Carmópolis de Minas, o congestionamento ia do quilômetro 658 ao 665.

Quem decidiu seguir para o litoral, também enfrentou lentidão no sistema Anchieta-Imigrantes. Pela Imigrantes, a lentidão ia do quilômetro 35 ao quilômetro 43, ainda no planalto. Já na rodovia Anchieta, o congestionamento era registrado no trecho de serra. Motoristas ainda enfrentam tráfego intenso na rodovia Mogi-Bertioga (SP-098), Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), Manoel Hyppólito Rego (SP-055) e rodovia Oswaldo Cruz (SP-125).

Na rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o tráfego era lento na pista expressa, sentido Rio, na região de Caçapava (SP), entre os quilômetros 130 e 117. Já na região fluminense, motoristas enfrentavam congestionamento na pista sentido Rio em Resende, onde o tráfego fluía em mão dupla no trecho entre o quilômetro 302 e o quilômetro 297. No sentido São Paulo, a lentidão estava em Porto Real, com trânsito em mão dupla entre os quilômetros 295 e 296.

Na rodovia Régis Bittencourt, que liga a capital paulista à cidade de Curitiba, eram registrados 23 quilômetros de congestionamento no sentido Paraná, entre o quilômetro 322 e o quilômetro 345. No início da rodovia, motoristas também enfrentavam lentidão entre os quilômetros 39 e 43.

Ainda em São Paulo, dessa vez na rodovia Castello Branco, era registrado congestionamento no sentido interior, na região de São Roque, Mairinque e Itu, entre os quilômetros 56 e 79.

Rio Grande do Sul

O fluxo em direção ao litoral norte do Rio Grande do Sul neste sábado começou acentuado para o horário, segundo a concessionária que administra a Free Way. A média de veículos por minuto nos pedágios de Gravataí e Santo Antônio da Patrulha é de 44.

Até as 10h deste sábado, cerca de 14,7 mil veículos já foram registrados em direção às praias no pedágio de Santo Antônio. Segundo a Gerência de Operações da Concepa, a estimativa para o dia todo é de 46 mil veículos. A movimentação deve ser mais intensa entre às 8h e às 12h.

Na sexta-feira, cerca de 27.800 veículos foram registrados no pedágio de Santo Antônio da Patrulha em direção ao litoral - número acima da expectativa.

Santa Catarina

Os catarinense enfrentam congestionamento na BR-101, na região do Morro dos Cavalos, em Palhoça. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a lentidão era de dez quilômetros do local. Em outro trecho da rodovia, no quilômetro 317, motoristas enfrentavam outros dez quilômetros de filas, na ponte de Cabeçuda, em Laguna.

Rio de Janeiro

Motoristas enfrentam congestionamento na travessia da ponte Rio-Niterói, no sentido Niterói. Segundo a concessionária, o excesso de veículos deixou o tráfego lento desde a descida do vão central até a chegada da praça de pedágio, provocando retenção para a saída da avenida do contorno.

Minas Gerais

A Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais contabilizou alguns acidentes que prejudicaram o tráfego nas rodovias do Estado.  Por volta das 7h15, eram registrados 12 quilômetros de congestionamento na BR-381, em Perdões, por causa de um acidente entre um caminhão e uma carreta. A colisão aconteceu no quilômetro 671 por volta das 4h e deixou uma pessoa em estado grave.

Mais tarde, às 8h25, outro acidente complicou o tráfego na BR-381. Uma colisão entre um ônibus e um carro no quilômetro 411, em Nova União, deixou duas pessoas mortas e outras duas feridas. A pista foi interditada para pouso de helicóptero da equipe de resgate.

Na mesma rodovia, uma queda de barreira no quilômetro 268, em Timóteo, provocou lentidão no tráfego local, que passou a operar no sistema Siga e Pare. A previsão é de que a pista seja liberada no final da tarde.

Tags: engarrafamentos, feriado, Rio, rodovias, viajar

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.