Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

País

Senado aprova indicações para agências reguladoras

Agência Senado

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o nome de Roberto Gonçalves de Lima para exercer o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine). Ele substituirá Glauber Piva Gonçalves, atual diretor. A indicação já havia sido aprovada, pela manhã, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Desde 2007, Lima assessora a diretoria colegiada da Ancine. Atuou em grupos de trabalho responsáveis pela formulação dos Programas Especiais de Fomento (PEF), do Fundo de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional (Funcine) e do Prêmio Adicional de Renda (PAR), assim como pela regulação de mecanismos de fomento para a produção independente para televisão.

Para os próximos anos, Roberto Gonçalves de Lima estabeleceu, entre outros desafios da Ancine, a ampliação de espaços de exibição de filmes nacionais, além de melhorar os canais de relacionamento da agência com os usuários.

O Senado ainda aprovou três indicações para a direção da Agência Nacional de Águas (ANA): a recondução de Vicente Andreu Guillo para a presidência da agência e a de João Gilberto Lotufo Conejo como diretor do órgão, e indicação de Gisela Damm Forattini, também como diretora.

Os indicados já haviam sido aprovados, mais cedo, em sabatina na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O uso inadequado da água no Brasil foi preocupação comum às manifestações de todos os senadores que participaram de sabatina de indicados para a direção da Agência Nacional de Águas (ANA).

Na avaliação de Vicente Guillo, existe no país uma cultura que considera haver abundância de água, o que resultaria em uma acomodação quanto à necessidade de uso racional e na visão equivocada de que não temos problema para acesso a esse recurso. Ele, no entanto, apontou esforços para a formação de agentes de promoção de educação ambiental nos municípios.

Tags: agência, águas, ancine, Aprovação, comissões

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.