Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

Deslizamento atinge casa e deixa quatro mortos e dois desaparecidos em MG

Portal Terra

Quatro pessoas morreram soterradas na manhã desta terça-feira, em Sardoá, na região do Vale do Rio Doce, a 289 quilômetros de Belo Horizonte (MG). Segundo o governo do Estado, as vítimas - uma mulher, dois homens e uma criança, todos membros da mesma família - estavam no interior de uma residência que foi atingida pelo deslizamento de uma plantação de eucaliptos na localidade de Córrego do Malacacheta, na zona rural do município. Duas pessoas estão desaparecidas, já que, segundo vizinhos, seis pessoas moravam na casa.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Governador Valadares está trabalhando no resgate. Outra equipe, formada por 15 militares especializados em soterramentos, se dirige por terra de Belo Horizonte para Sardoá, já que não há condições climáticas para pousos de aeronaves na região. Integrantes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), peritos da Polícia Civil de Guanhães e PMs de Sardoá também fazem parte da força-tarefa que atende a ocorrência.

O governador Antonio Anastasia lamentou as mortes e prestou sua solidariedade aos familiares das vítimas. "Transmito, em nome de todos os mineiros, minhas condolências e meu mais profundo pesar pela morte dos cidadãos que foram vítimas do deslizamento de terra em Sardoá. Que seus familiares e amigos encontrem paz e consolo após este triste acontecimento", disse Anastasia, que garantiu que o governo realizará "a devida apuração das circunstâncias do acidente" e prestará "a assistência necessária às famílias envolvidas".

O deslizamento foi provocado pela chuva constante que atinge o norte mineiro há cerca de uma semana. Segundo a Climatempo, a chuva cai forte e volumosa desde a quarta-feira da semana passada, quando uma frente fria alcançou o Espírito Santo, intensificando as áreas de instabilidade também sobre Minas Gerais.

Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu mais de 100 a 200 milímetros entre segunda e terça-feira em várias áreas da região do Médio São Francisco, Vale do Jequitinhonha e do Vale do Rio Doce, causando elevação do nível dos rios. O grande volume de chuva que vem sendo acumulado sobre a bacia do rio Doce desde o fim da semana fez com que o rio transbordasse em Linhares, no Espírito Santo.

Tags: deslizamento, inmet, MINAS, mortes, temporais

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.