Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

País

Câmara cria 94 cargos para os partidos Pros e Solidariedade

mpacto da criação de cargos será de R$ 11,5 milhões no ano que vem

Portal Terra

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira uma resolução que cria 94 cargos comissionados para o partido Solidariedade e o Partido Republicano da Ordem Social (Pros). A despesa com a criação dos cargos, a partir de 2014, está estimada em R$ 11,5 milhões, significando um gasto mensal de R$ 1 milhão a partir de 2015.

Entre os cargos criados, estão funções de assessoria, como chefia de gabinete, assessores técnicos e secretário particular. Cada partido terá direito a preencher 47 vagas. Os dois partidos têm 40 parlamentares em exercício, segundo o site da Câmara.

Antes da aprovação da resolução, o líder do Pros, Givaldo Carimbão (AL), afirmou que os partidos estão funcionando sem assessoria parlamentar há cerca de três meses. A criação de cargos foi criticada pelo Psol, que defendeu a divisão de cargos já criados conforme a dissolução dos partidos. “Nós mostramos que só sabemos somar e multiplicar, jamais subtrair e dividir", criticou o deputado Chico Alencar (RJ).

Tags: aumento, câmara, cargos, partidos, votações

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.