Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

Número de ônibus destruídos quase dobrou em São Paulo em 2013

Agência Brasil

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo apontou que o número de ônibus destruídos na capital quase que dobrou em 2013 em relação ao ano anterior. O documento, divulgado pela SPTrans, revela que até o dia 8 de dezembro deste ano, 1.216 ônibus foram depredados na cidade. Em todo o ano de 2012, 688 ônibus foram depredados.

Também houve um aumento no número de ônibus incendiados segundo a SPTrans. Em 2012, a cidade registrou 53 veículos destruídos desta maneira, contra 63 até os oito primeiros dias de dezembro de 2013.

Os protestos populares que ocorreram na cidade, principalmente no mês de junho, contribuíram para o aumento do número de veículos danificados segundo a prefeitura. Em no dia 11 de junho, foram registrados 85 casos de veículos danificados, sendo que 41 foram depredados e 44 “vandalizados”, vítimas de pichações e avarias leves.

Quando somados os ônibus da SPTrans aos veículos da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), o número de veículos danificados em 2013 chega a 1496, contra 824 em 2012. Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SP-Urbanuss), cada ônibus queimado custa em média R$ 500 mil e o prejuízo de 2013 teria chegado à casa dos R$ 25 milhões.

Pelo menos dois motoristas e uma cobradora ficaram feridos em incêndios de ônibus em 2013.

Tags: Atos, protestos, ruas, SP, vandalismo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.