Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

País

Principais aeroportos terão reforço operacional a partir desta sexta-feira

Portal Terra

Para dar conta do esperado aumento no número de passageiros durante as festas de fim de ano e férias, autoridades aeroportuárias iniciam nesta sexta-feira uma ação de reforço operacional nos 12 principais aeroportos do País - localizados nas cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Campinas (SP). A chamada Operação Fim de Ano vai até o dia 13 de janeiro.

"O dia de pico será 20 de dezembro, com a maior pressão. Para esse dia, estarão mobilizados todos os operadores e as companhias aéreas. A expectativa é ter um período de festas, se não melhor, pelo menos igual ao do ano passado, que foi relativamente tranquilo", disse o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, após reunião com integrantes da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero).

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) vai ativar planos de emergência para melhorar a oferta de informações aos passageiros quando houver algum problema nos aeroportos e reforçar a equipe de funcionários que circularão nos saguões para orientar os usuários e das atividades operacionais.

As empresas aéreas vão colocar 15 aviões de reserva no período e ampliarão o número de tripulantes, funcionários do check-in e equipes em solo, mantendo 97% dos funcionários trabalhando. Nos horários de pico, todos os guichês de check-in deverão estar em funcionamento.

"O total de efetivo em treinamento obrigatório e em férias no mês de dezembro é só 3%. Em períodos normais, esse número vai para 7% a 8%", disse o consultor técnico da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Adalberto Febeliano. Além disso, as companhias aéreas vão antecipar a manutenção programada das aeronaves.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai intensificar a fiscalização nos 12 principais aeroportos com 315 funcionários trabalhando em turnos durante o período. Nos aeroportos internacionais de Brasília, Guarulhos e do Rio de Janeiro, a fiscalização será feita 24 horas. A prática de "overbooking" estará suspensa no período.

"Nesta época do ano, todas as aeronaves estão cheias. Neste período, as empresas se comprometem a não fazer essa prática em hipótese alguma", disse o diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys.

Sobre os problemas enfrentados por passageiros nos principais aeroportos do País na última sexta-feira e no sábado, depois do temporal que atingiu a Região Sudeste na semana passada, Moreira Franco disse que a convivência com eventos climáticos faz parte da aviação. "Não é justificativa para quem trabalha nesse ramo explicar desempenho de gestão em decorrência de problemas climáticos. O problema climático tem que estar incorporado ao risco da operação", disse o ministro.

Moreira Franco também fez um apelo para que os passageiros façam o check-in eletrônico. "Esperamos que os passageiros cheguem com seu check-in" pronto. As companhias vão colocar espaços de bagagem exclusivamente para as pessoas que tiverem feito o check-in eletrônico", informou.

No Aeroporto Internacional de Brasília - Presidente Juscelino Kubitschek, as medidas anunciadas para melhorar o atendimento ao passageiro são, entre outras, a adoção de procedimentos para agilizar a inspeção dos viajantes pelos pontos de detecção de metais e a instalação de novas esteiras de bagagem. No Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro, haverá aumento do número de balcões para atendimento dos passageiros de voos internacionais.

A Infraero informa que o fluxo estimado na alta temporada 2013/2014 - período entre 25 de novembro e 31 de janeiro - alcança 26,2 milhões de passageiros nos 63 aeroportos administrados pela empresa, um aumento de 2,42% em relação ao mesmo período do ano passado.

Tags: aeroporto, ano novo, de ano, festa, fim, Natal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.