Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

País

Eliana Calmon se despede do STJ para ser candidata ao Senado pelo PSB

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro

Brasília - Nesta última quarta-feira, a ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça, despediu-se da 1ª Seção (reunião de duas turmas), especializada em direito público. A ministra, 69 anos, notabilizou-se por sua recente atuação, durante dois anos, como severa corregedora nacional de Justiça. No próximo dia 18, depois de 14 anos no STJ, ela se aposenta oficialmente, e logo formaliza sua filiação ao partido Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva – ainda sem registro aprovado – e anuncia oficialmente sua candidatura ao Senado, pela Bahia, nas eleições do ano próximo, concorrendo pelo PSB.

Ao agradecer a saudação dos seus colegas da 1ª Seção do STJ, Eliana Calmon falou da saudade de tudo o que deixa para trás, mas assinalou que sua saída representa um novo começo. “A vida é um livro, e a gente vai passando as páginas. Quando eu passo a página, eu tenho muita saudade, mas, no mesmo momento, eu me entusiasmo para dar continuidade à leitura da página seguinte”, afirmou.

O pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB), atual governador da Bahia, vai “lançar” a ex-ministra candidata ao Senado no dia 19, ao lado da senadora Lídice Mata, que, por sua vez, vai concorrer à sucessão de Campos no Executivo baiano.

Tags: candidata, Conselho, eleição, ministra, parlamentar

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.