Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

País

Deputados querem que Gilberto Carvalho esclareça conduta do presidente do Cade

Agência Brasil

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, vai receber, nos próximos dias, convite para prestar esclarecimentos sobre a conduta do atual presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Vinícius Marques de Carvalho, nomeado em maio do ano passado.

A decisão foi aprovada hoje (11) pelos deputados da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara que querem esclarecer porque Marques de Carvalho omitiu o fato de que trabalhou no gabinete do deputado estadual petista Simão Pedro (SP), no período da aprovação de seu nome pelo Senado, para a presidência do Cade.

Caso compareça ao colegiado, em data a ser marcada entre parlamentares e a assessoria do Planalto, Gilberto Carvalho também deverá ser questionado sobre o vazamento de informações e documentos sigilosos que ficavam sob a responsabilidade do Conselho. Os documentos apontam a participação de pessoas ligadas ao PSDB em denúncias de propinas pagas por empresas.

O requerimento para convite do ministro foi apresentado por dois parlamentares tucanos: o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), e Vanderlei Macris (SP).

No fim de maio, Vinícius Marques de Carvalho foi indicado pela presidenta Dilma Rousseff para assumir a presidência do Cade ao lado de Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo, para o cargo de superintendente-geral do órgão, e Alessandro Serafin Octaviani Luis, para a função de conselheiro.

Os três nomes foram aprovados pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado e Vinícius Marques assumiu como presidente do Conselho em agosto de 2012.

Tags: administrativo, carvalho, Conselho, DEFESA, econômica

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.