Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

João Paulo Cunha lança revista e se defende de condenação no mensalão

Agência Brasil

O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) pretende lançar uma revista na tarde de quarta-feira para se defender da condenação por envolvimento no esquema do mensalão. Ele deve lançar a publicação às 16h e, às 18h, fazer um discurso no plenário da Câmara.

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) foi condenado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. Ele foi sentenciado a uma pena de nove anos e quatro meses de prisão em regime inicial fechado. 

Segundo a denúncia, Cunha recebeu R$ 50 mil do esquema operado por Marcos Valério para contratar uma das agências do empresário quando presidia a Casa e se beneficiou de desvios de recursos públicos.

Cunha é um dos réus que têm direito a apresentar embargos infringentes, por ter sido condenado por uma margem apertada no Supremo Tribunal Federal. Dos 11 ministros à época na Corte, cinco entenderam que ele era inocente do crime de lavagem de dinheiro. Dessa forma, o Supremo deve esperar o julgamento de todos os recursos para mandar executar a pena de prisão do deputado.

Tags: ação, condenados, cunha, penal, réus

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.