Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

País

Jovem que teria dívidas com traficantes mata pai e mãe a facadas no RS

Portal Terra

Um jovem matou os próprios pais a facadas na madrugada de domingo, em Guaíba (RS), na região metropolitana de Porto Alegre, e foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira. Dean Patrick de Souza Figueiredo, 19 anos, confessou que é usuário de drogas e disse que acredita ter matado o pai e a mãe, mas que não se lembra do momento do crime. Segundo a Polícia Civil, a principal hipótese é de que o crime foi motivado por dívidas que o suspeito tinha com traficantes de drogas.

Darcilo Guterres Figueiredo, 53 anos, e Belonir Teresinha Valles de Souza, 50 anos, foram encontrados mortos pela nora, mulher de Dean, na noite de domingo. Eles haviam sido assassinados quase 24 horas antes, no banheiro da casa onde moravam, no bairro Logradouro.

De acordo com a delegada Sabrina Dóris Teixeira, titular da delegacia de Guaíba, foi a nora do casal quem suspeitou de Dean. "Ontem à noite, a nora das vítimas chegou em casa e encontrou o casal morto no banheiro da residência. Imediatamente, ela mesma levantou suspeita de que poderia ser o marido dela, que é usuário de drogas e devia muito para traficantes", disse a delegada.

O carro do casal, um Kadett, havia desaparecido da casa. "Logo após, esse Kadett foi visto no bairro por populares. Eles pararam esse veículo - era mesmo o filho do casal, o autor do crime -, e na verdade os policiais impediram que ele fosse agredido ou até morto pelos populares", afirmou a delegada.

Na delegacia, o suspeito disse que provavelmente era o autor do crime, mas alegou não se lembrar de tudo. "Ele não nega que tenha sido ele, mas não soube informar detalhes. Só se recorda de ter pegado a faca na cozinha e, depois, dessa faca ensanguentada e os pais mortos no banheiro. Ele acredita que tenha matado primeiro o pai, depois a mãe."

Dean afirmou à polícia que é usuário de drogas há quatro anos - ele usa uma mistura de crack com maconha chamada de "pitico". Porém, o jovem afirmou que, na madrugada de domingo, não estava sob o efeito de entorpecentes. O suspeito também não admitiu ter dívidas com traficantes. "Disse o contrário, que gostava dos pais e tudo, se mostrou arrependido, chorou durante o depoimento", disse a delegada Sabrina.

Darcilo sofreu entre três e quatro facadas na nuca. Já Belonir levou cerca de 12 golpes que atingiram-na nas mãos, no peito e no rosto. Os corpos foram levados ao Departamento Médico Legal (DML) de Porto Alegre. Dean foi encaminhado ao Presídio Central.

Tags: drogas, morte, país, Sul, usuário

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.