Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

País

Após recursos, Inep divulga médias do Enem 2012 de 20 escolas

Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira as médias de desempenho de mais três escolas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. Segundo o Inep, foram deferidos os pedidos do Colégio Expoente (PE), do Colégio Lumiere (MS) e da Escola Israelita Bras Eteinbarg Max Nordau (RJ). Ao todo, 20 instituições já tiveram deferidos os seus pedidos de reexame do cálculo das proficiências médias no Enem 2012.

Na divulgação, consta a média das notas dos estudantes nas quatro competências das provas: linguagens e códigos, matemática, ciências humanas e ciências da natureza, além da redação. Levando-se em consideração apenas as competências, as escolas incluídas em nota técnica da Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb) tiveram o seguinte desempenho: Colégio Expoente, 614,53 pontos; Colégio Lumiere, 658,29 pontos, Escola Israelita Bras Eteinbarg Max Nordau, 661,79 pontos. As médias na redação foram respectivamente: 649,52, 704,62 e 763,16.

Com a nova divulgação, chega a 20 - de 59 instituições, ao todo - o número de escolas que tiveram seus pedidos de reexame do cálculo das proficiências médias deferidos pelo Inep. A média do colégio Objetivo Integrado, 740,81 pontos, superou a média do Colégio Bernoulli (722,15), que ocupava antes do reexame o primeiro lugar em desempenho no Enem do ano passado. A nota foi calculada levando-se em consideração as médias nas quatro competências do exame e não leva em consideração a nota na redação. 

O Inep divulgou inicialmente as notas de 11,2 mil escolas. Tanto essas instituições quanto todos os candidatos do exame podem consultar no site da autarquia um mapa detalhado do desempenho no Enem. Os casos das escolas que pediram o reexame e ainda não tiveram uma nova nota divulgada continuam em análise.

Escolas pedem reexame do cálculo das médias do Enem 2012

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou no dia 26 de novembro as médias de desempenho das escolas no Enem 2012. Após a liberação da lista, 59 instituições entraram com o pedido de reexame do cálculo das proficiências médias. Até o momento, 20 instituições tiveram os pedidos deferidos e, com as novas notas publicadas, algumas passaram a integrar a lista das 50 melhores escolas do Brasil.

No dia seguinte à divulgação do resultado, três instituições tiveram o pedido de reexame aceito pelo Inep e passaram a integrar o mapa de médias: as paulistas Colégio Objetivo Integrado e Colégio Objetivo Integrado de Mogi das Cruzes, além do Colégio Classe A, do Mato Grosso do Sul.

Em 28 de novembro, mais três escolas passaram a integrar a lista das médias de desempenho no Enem 2012. O Inep deferiu os pedidos das escolas particulares Ari de Sá Cavalcanti, do Ceará; do Colégio Olimpo Brasília, do Distrito Federal; e Instituto Gay Lussac, do Rio de Janeiro. Em todos os casos, foi constatada inconsistência no processo de cálculo das médias. As escolas tinham mais estudantes inscritos no Enem 2012 que o número de alunos de 3º ano presentes no Censo Escolar do mesmo ano, "o que impediu o cálculo da média".

Outras cinco escolas tiveram as médias publicadas em 30 de novembro, quando foram deferidos os pedidos do Colégio Olimpo (GO), do Colégio Tamandaré (RJ), do Colégio Popular Madre Maria Villac (PI), do Instituto Dom Barreto (PI) e do Colégio Salesiano - Região Oceânica (RJ). Em 2 de dezembro, mais três escolas entraram para a lista: Colégio Objetivo - Litoral (SP), Colégio Santa Maria (SP) e Colégio Pentágono (RJ). No dia seguinte, foi a vez de SEB – COC – Alvares Cabral (SP), Colégio Dom Bosco (PR) e Colégio Santo Antonio (MG) passarem a fazer parte da publicação Enem por escola com novas médias.

O Inep divulgou inicialmente as notas de 11,2 mil escolas. O pré-requisito é que as escolas tenham no mínimo 50% de participação dos alunos concluintes do ensino médio no exame e que a porcentagem corresponda a pelo menos dez estudantes.

Tags: educação, escolas, exame, instituto, nacional

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.