Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

País

Quatro pessoas morrem em assalto a banco no noroeste do Ceará

Portal Terra

?Quatro agências bancárias foram assaltadas entre o final da manhã de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira no Ceará. Três delas ficam em municípios no noroeste do Estado - Coreaú, Itarema e Pires Ferreira - e outra em Jaguaribara, região de Jaguaribe. 

O caso mais grave ocorreu em Itarema, onde três bandidos e um refém morreram. Segundo a Polícia Militar, sete suspeitos chegaram por volta das 2h à agência do Banco do Brasil, no centro da cidade. Eles estavam em um Gol roubado horas antes na localidade de Boqueirão, em Caucaia, município da região metropolitana de Fortaleza. 

De acordo com a polícia, o grupo invadiu a agência após quebrar o vidro com uma alavanca. Eles colocaram dinamite para explodir o cofre, mas não acionaram o artifício porque policiais chegaram ao local. Os bandidos reagiram e houve confronto.

Dois irmãos que estavam em uma praça nas proximidades foram feitos reféns e baleados. O eletrônico José Adolfo Oliveira, 20 anos, não resistiu e morreu. Ailson foi atingido na perna e não corre risco de morrer. 

Três suspeitos - dois deles seriam adolescentes - foram mortos. Outro integrante do bando - Adonias da Silva Ferreira, 21 anos - foi baleado nas duas pernas e encaminhado ao hospital. Os outros três conseguiram fugir a pé para um matagal na localidade de São Gabriel. A polícia apreendeu dois rifles, dois revólveres, uma pistola e um colete à prova de bala. 

Primeira ocorrência

O primeiro dos quatro assaltos consecutivos ocorreu no final da manhã de terça-feira em Coreaú após a chegada do carro-forte à agência do Banco do Brasil que fica no centro da cidade. Oito homens armados surgiram atirando em uma caminhonete Strada.

Eles renderam os seguranças do carro-forte e os seguranças do banco e fizeram todas as pessoas que estavam na agência como reféns. Em seguida, roubaram os malotes e fugiram na Strada e em um Corsa Sedan. O segundo veículo foi encontrado abandonado no leito do rio Coreaú. Até o final desta quarta-feira ninguém havia sido preso. 

 

Tags: assaltos, bancos, ceará, mortes, reféns

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.