Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

País

SP: bombeiros encontram documentos, mas seguem em busca de operário

Portal Terra

Após quase 17 horas de busca, o Corpo de Bombeiros encontrou uma carteira com o documento de identidade do operário Edenílson Jesus Santos, 24 anos, possível vítima do desabamento de uma obra de dez pavimentos na região de Guarulhos, Grande São Paulo, na segunda-feira. Segundo a corporação, Edenílson seria a única vítima do desabamento. Junto à carteira, que era de outra pessoa, foi encontrado também  o número do telefone celular do operário.

"Acabamos de retirar do entulho a carteira com a identidade, número de telefone. Já ligamos, mas deu caixa postal. O trabalho vai se basear nos cães, para delimitar os locais onde podemos atuar. Já fizemos buscas em toda área sinistrada e também em relação aos próprios funcionários. Estamos procurando uma única pessoa. Não há testemunhas de que haja outras pessoas lá dentro”, disse o capitão Marcos Palumbo, dos bombeiros.

ombeiros trabalham em escombros de prédio que desabou em Guarulhos, nesta segunda
ombeiros trabalham em escombros de prédio que desabou em Guarulhos, nesta segunda

Apesar das 17 horas de buscas, a corporação ainda trabalha com a hipótese de encontrar Edenílson com vida. Segundo Palumbo, os cães farejadores detectaram odores em determinado lugar e as equipes estão concentradas nessa área.

“As buscas estão concentradas em um único ponto, no qual foram detectadas pelos cães, principalmente no subsolo. O alojamento dos funcionários era muito abaixo. Entre uma rampa e o corpo de escada havia o alojamento e ali que os cachorros conseguiram identificar a presença de um odor. Estamos fazendo as buscas de forma manual. Vamos permanecer no local até que consiga fazer a localização do Edenilson”, disse Palumbo.

O capitão dos bombeiros disse que por conta da profundidade do terreno, há dificuldades de busca e por isso os bombeiros trabalham manualmente.

“Trabalhamos com a hipótese de encontrá-lo com vida. Fazemos a retirada manual e técnica para que não haja novos deslizamentos. A chance de encontrar alguém com vida pode existir. Sabemos que é difícil por conta da mecânica do acidente. Mas não podemos tirar isso das equipes de resgate. Temos que trabalhar com essa hipótese”, completou. 

Tags: Desaba, edifício, Operário, soterrado, sp0

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.