Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

País

Médica relata a comissão drama que passou ao cuidar das vítimas da Kiss

Portal Terra

A médica Solange Garcia relatou ao Senado na manhã desta segunda-feira o drama pelo qual passou ao cuidar das vítimas do incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria (RS). Em seguida, advertiu os integrantes da Comissão de Direitos Humanos (CDH) da urgência em se adotar um programa de atendimento a pessoas intoxicadas. O programa teria os moldes daquele criado há 20 anos para salvar vidas de cidadãos picados por cobras e outros animais peçonhentos. As informações são da Agência Senado.

?De acordo com Solange, assim que constatou a intoxicação por cianeto, ela lutou "incansavelmente" para que fosse importado um antídoto. No entanto, as autoridades médicas e o governo demoraram a perceber a necessidade da compra desse medicamento. Quando, por fim, o remédio chegou a Santa Maria, 19 vidas foram salvas.

As consequências do incêndio na boate Kiss e os desdobramentos do caso na Justiça estão sendo debatidos hoje pela manhã na Comissão de Direitos Humanos. A tragédia deixou 242 mortos e 116 feridos, sendo o segundo maior incêndio no Brasil em número de vítimas, e foi causada pelo uso de um sinalizador aceso dentro da casa noturna, conforme investigações.

Além de Solange Garcia, que é professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), participam do debate Tarso Monteiro Abrahão, coordenador-Geral da Força Nacional do SUS do Ministério da Saúde; Luis Antonio Camargo de Melo, procurador-geral do Trabalho do Ministério Público do Trabalho; Adherbal Alves Ferreira, presidente da Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia na Boate Kiss; e Alex Monaiar, coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (RS); além de representantes do Ministério da Justiça e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Tags: boate, depoimento, Fogo, Incêndio, morte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.