Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

País

Com presença de Dilma, corpo de Marcelo Déda chega ao Sergipe

Portal Terra

A emoção tomou conta de ruas e avenidas de Aracaju (SE) com a chegada do corpo do governador de Sergipe, Marcelo Déda Chagas, na tarde desta segunda-feira. O avião da Força Aérea Brasileira, que trazia o governador, desembarcou no Aeroporto Internacional Santa Maria às 17h (horário de Brasília). O corpo de Déda chegou acompanhado da mulher do governador, a fotojornalista Eliane Aquino, e dos cinco filhos: Marcella, Yasmin, Luísa, João Marcelo e Mateus, além da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente do PT José Eduardo Dutra e do governador em exercício do Estado, Jackson Barreto (PMDB).

O cortejo com o corpo no carro do Corpo de Bombeiros seguiu até o Palácio-Museu Olímpio Campos, localizado no centro de capital, onde chegou por volta das 18h15. Acompanhado por batedores da Polícia Militar do Estado, a comitiva foi ovacionada por populares que lotavam as principais vias da cidade. Grande público aguardava a chegada do cortejo no Palácio-Museu e gritava o nome do governador. Pétalas de flores foram despejadas pelo helicóptero que acompanhava o carro do Corpo de Bombeiros.

O velório será aberto ao público às 22h. Antes disso, apenas familiares, autoridades e amigos acompanham uma missa celebrada pelo arcebispo metropolitano de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa.

A presidente Dilma Rousseff também participa do ato. Ela antecipou sua vinda para Aracaju, que estava prevista para amanhã. Dilma cancelou sua agenda de trabalho em Brasília e desembarcou em Aracaju por volta das 18h30.

Na sequência, acontecerá a partida para cremação em Salvador (BA), onde o corpo de Marcelo Déda sairá em cortejo pela avenida Beira Mar com destino ao Aeroporto Internacional de Aracaju.

Déda faleceu aos 53 anos, na manhã desta segunda-feira, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde ficou internado 188 dias ininterruptamente. Ele lutava contra um câncer gastrointestinal desde setembro do ano passado. Marcelo Déda estava em seu segundo mandato como governador de Sergipe. 

Tags: brasil, CÂNCER, Governador, morte, sergipe

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.