Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

País

Dirceu critica matéria da revista IstoÉ sobre mulher de Delúbio

Portal Terra

O ex-ministro José Dirceu, um dos réus no julgamento do mensalão, usou o seu blog nesta segunda-feira para criticar a reportagem da revista IstoÉ que fala sobre Mônica Valente, mulher de Delúbio Soares, também réu da ação penal 470. "Não passa de baixaria e lixo puros. É um desrespeito à militância sindical de mais de 20 anos de Mônica Valente, que a revista diz ter procurado mas não a ouviu e um amontoado de desinformação para os leitores da revista", escreveu o ex-chefe da Casa Civil.

A reportagem deste final de semana da revista traz que Mônica, membro do diretório nacional do PT, comanda o escritório brasileiro da Internacional do Serviço Público (ISP), entidade que recebe R$ 7 milhões por ano para representar sindicatos. Dirceu também reproduziu em seu site a nota divulgada pela mulher de Delúbio a respeito da publicação.

No comunicado, Mônica contraria o valor recolhido pela ISP, alegando que as contribuições totalizam R$ 367,454 mil. "Muito longe dos 7 milhões de reais anuais descritos na referida 'reportagem'. Além disso, a ISP não recebe recursos oriundos da contribuição sindical obrigatória por lei no Brasil. Anualmente, presta contas às suas filiadas, e passa por auditoria externa independente nacional e internacional", disse na nota. 

"O publicado pela dita revista, é - tão somente - lamentável e mentiroso. Tamanho despropósito é evidente má-fé", completa.

Tags: dirceu, julgamento, Mensalão, partidos, STF

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.