Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Caminhoneiros bloqueiam principal via de ligação entre MG e SP

Motoristas pedem aumento do valor do frete e melhores condições de trabalho

Jornal do Brasil

Caminhoneiros em greve bloqueiam a Rodovia Fernão Dias, a principal ligação entre Minas Gerais e São Paulo. As interdições ocorrem na altura das cidades Carmópolis de Minas, na Região centro-Oeste, de Igarapé e Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os congestionamentos chegam a 13 quilômetros, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

Os protestos foram organizados pela União Brasil Caminhoneiros, com o objetivo de obter melhores condições de trabalho.

A paralisação dos caminhoneiros começou na quarta-feira, dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Segundo informações divulgadas no site da entidade, o Brasil não suportará greve de mais de dois dias, fazendo com que o governo busque uma solução. 

A previsão da categoria é que a paralisação se mantenha até que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) atenda as reinvindicações dos caminhoneiros. Para o Movimento, o valor do frete praticado no país está "extremamente defasado" e o cartão-frete impede o recebimento em dinheiro e cheques, obrigando os caminhoneiros a usar o cartão em todas operações, o que faz com que alguns preços subam e exclui alguns autônomos do mercado.

Outro ponto apontado pelo movimento é em relação à carga horária e o tempo de descanso definido pelo Estatuto do Motorista (Lei 12619/12). O texto estabelece que o caminhoneiro deva cumprir um tempo de descanso diário de 11 h. Porém, os manifestantes alegam que as rodovias não possuem pontos de apoio para os caminhões pararem.

Tags: aumento, caminhão, frete, motoristas, paralisação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.