Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

Governo antecipará Bolsa Família em 71 cidades mineiras atingidas pela chuva 

Agência BrasilLuana Lourenço

O pagamento do Programa Bolsa Família será antecipado em 71 municípios de Minas Gerais atingidos pelas chuvas. Todos as famílias incluídas no programa que vivem nas cidades listadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) poderão sacar o pagamento de janeiro no dia 18, primeiro dia de repasse do benefício. Normalmente, o pagamento é feito de acordo com o número de inscrição do beneficiário do programa, com alguns dias de diferença entre os primeiros e os últimos beneficiários.

Segundo o MDS, mais 16 cidades mineiras que também decretaram situação de emergência serão incluídas na lista de municípios em que haverá adiantamento do benefício. Entre as cidades que terão o pagamento unificado, estão a capital, Belo Horizonte, e os municípios de Raposos, Brumadinho, Itabirito, Congonhas, que registraram grandes prejuízos com as enchentes.

>> MG: anunciados cartões para começar a atender pessoas afetadas pelas chuvas

>> Governo mineiro anuncia medidas de apoio a atingidos pela enchente 

>> Governo Federal envia hoje 8 toneladas de medicamentos para Minas Gerais

>> MG: Anastasia pedirá R$ 1,5 bi ao governo para obras de prevenção 

Quem perdeu documentos pessoais ou o cartão de saque do benefício deve procurar as prefeituras para emissão da Declaração Especial de Pagamento, que autoriza o saque em uma agência bancária, de acordo com o MDS. O documento, de caráter provisório, só é emitido em situações de emergência.

A Defesa Civil mineira estima que 2 milhões de pessoas em todo o estado tenham sido afetadas pelas chuvas. Quase dez mil estão desalojadas e 512 desabrigadas. Pelo menos oito pessoas morreram.

Veja aqui a lista de municípios mineiros em que o pagamento do Bolsa Família será antecipado.

Tags: auxílio, benefício, emergência, ministério do desenvolvimento social, prejuízo, programa

Compartilhe:

Comentários

2 comentários
  • Luiz Carlos Feidman, Rio de Janeiro

    è muita hipocresia, muita falta de respeito com a população, adiantamento de bolsa familia, presidenta isso é uma vergonha, o povo tem que sere respeitado, o povo precisa de dignidade, essa esmola a senhora reparta com seus politicos imundos e de ao povo o que é dele de direito, dignidade, alimento, saude ,sem demagogia barata, isso ulttrapássa ao ridiculo, presidenta se essa mensagem, esse comentario chegar a senhora , saiba que como brasileiro, cidadão me sinto revoltado e envergonhado ppor ler essa noticia, liberação de bolsa familia ou melhor liberação de esmola, senhora presuidenta eu falo e assino meu nome com vergonha de ser brasileiro.

  • Paulo Thomaz, juiz de fora

    Antecipar o Bolsa Família de nada vai adiantar. É como fazer empréstimo compulsorio para aposentado. Na hora de pagar vai faltar comida e remédio. Nosso Governo, deveria assumir a responsabilidade de sua incompetência e arcar com todos os ônus das tragédias. Pelo que todos nós sabemos, as verbas, quando são liberadas vai para viagens, caviar, vodka e festinhas. O trabalhador, aposentados e moradores sem recursos é que sempre pagam a conta. E o Groupon heim? quem diria.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.