Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

País

Deputada nega ter recebido cheques da Planam

Jornal do Brasil

Agência Brasil

BRASÍLIA - Em depoimento hoje (21), na Comissão de Ética da Câmara, a deputada Celcita Pinheiro (PFL-MT) negou ter recebido cheques da empresa Planam, apontada como operadora de um esquema de compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento.

Celcita disse que as emendas por ela apresentadas beneficiaram municípios que visitou ou atenderam a demandas de vereadores e prefeitos. Como exemplo, citou a cidade de Canarama, cujos vereadores solicitaram a inclusão de emenda para compra de ambulância. O município foi beneficiado com uma emenda de Celcita, no valor de R$ 80 mil, para aquisição de uma ambulância em outubro de 2004.

O empresário Luiz Antônio Vedoin, um dos donos da Planam, disse que entregou à deputada dois cheques de R$ 25 mil, para a campanha de 2002, quantia que seria reembolsada por meio de emendas para a compra de ambulâncias.

- Não coloquei emendas para atender lobistas, nem para atender ninguém por causa de cheque. Coloquei emendas todos os anos porque é meu compromisso de política trabalhar pela área social - afirmou a deputada, destacando que, naquela cidade, a vencedora da licitação para compra de ambulâncias não foi a Planam.

- Quanto às emendas, claro que é o parlamentar quem indica os municípios onde vão ser colocados recursos. Nosso papel é montar os projetos, anunciar aos prefeitos, acompanhar nos ministérios e batalhar para que seja a verba realmente alocada e entregue aos prefeitos. Aí termina nosso papel, Nunca fui a nenhum município falar de licitação nem entregar ambulância - disse ela.

O ex-prefeito de Canarama, Evaldo Diehl, também depôs hoje e confirmou que Celcita nunca pediu que qualquer empresa fosse beneficiada com os recursos obtidos por meio de emenda de sua autoria.

Compartilhe: