Jornal do Brasil

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

País - Opinião

Para bandidos, reações são "movimento social" ou atos de quem "passa dos limites"

Jornal do Brasil

Os bandidos ou os amigos dos bandidos, principalmente os mais próximos ou até alguns familiares, que também se locupletaram com os crimes de seus parentes bandidos, quando se encontram em posição de ouvir e ter que contestar alguma coisa, respondem com ar perplexo: "Isso é um movimento social". Outros, mais cínicos, criticam: "Passaram dos limites".

"Passaram dos limites" é uma frase que só poderia realmente ser usada por bandidos, porque só bandidos admitem que o roubo tem limite. Essa é, na verdade, a confissão mais pura e limpa do crime.

Quem ainda não passou dos limites foi o povo sofrido, que tem todo o direito de passar dos limites porque padece com o desemprego, com a falta de salário, com a falta de remédio, e que tem que morar embaixo da ponte porque nem as casas mais pobres pode pagar. 

O que se espera, hoje, é que o povo não passe dos limites, mas haverá um momento em que ele não terá outra alternativa. Hoje seria um dia. Mas todos torcemos para que não seja. Se for, com certeza, a história vai se repetir. Tudo começa pelo Rio de Janeiro.

Tags: crise, governo, política, rio, salário, violência

Compartilhe: