Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

País - Opinião

Ladrões se aposentam, e o povo segue sofrendo

Jornal do Brasil

O Jornal do Brasil não pode deixar de comentar o fato de dilapidadores do dinheiro público, só por delatarem, conseguirem manter o patrimônio obtido com o crime. Um réu em qualquer crime - o assassinato da mãe, do filho ou qualquer crime mais hediondo - , mesmo quando confessa, não se conhece nenhuma sentença que o tenha absolvido. 

Como pode isso acontecer com esses assassinos do povo, com seus mais de 20 milhões de desempregados? Como podem ser absolvidos esses assassinos que destruíram a saúde pública do Brasil? Como podem ficar impunes esses fabricantes de "Nens", de "Fernandinhos Beira-Mar" e outros delinquentes, que são feitos por esses que dilapidaram e que tiraram a oportunidade desses criminosos que vendem o crime, mas que não roubam do povo, existirem?

Como nós, brasileiros, que vimos sofrendo o que estamos sofrendo - a insegurança, a falta de emprego, do Oiapoque ao Chuí - temos que reagir a esse cinismo de proteção à delinquência?

O que será que esses bandidos querem, quando solicitam a sua aposentadoria e a manutenção de seus patrimônios de dinheiro roubado? Será que estes bandidos querem o olho por olho, dente por dente? Estão esperando que o povo tome deles, ladrões, o que a ele, povo, pertence?

Tags: brasil, crime, crise, justiça, política

Compartilhe: