Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

País - Opinião

Papa Francisco

Jornal do Brasil

No início deste século, a Igreja enfrentava movimentos que permitiam até acreditar que o número de católicos diminuía no mundo. A imprensa, fundamentalmente a não católica, atacava a igreja em todas as frentes.

Com a chegada de Francisco, todos - católicos ou não - viram nele a humildade, o despojamento total de qualquer tipo de vaidade.

Guardadas as devidas proporções, Marina Silva desponta num país convulsionado por denúncias de corrupção, principalmente por parte da imprensa que não tem simpatia pelo governo. Marina que tem na sua FÉ e no seu comportamento intransigente com o que o mundo considera crime - basicamente a má administração do dinheiro e o supérfluo - duas fortes marcas.

O mundo vive uma época em que se testemunha a união de corruptos com antigos vingadores da corrupção, de comunistas com reacionários, de socialistas com integralistas, delles contra eles e a favor deles todos. 

O país que não se preocupa com mercado... do dinheiro, que não se preocupa com a bolsa.. de valores, está desiludido. 

Aqueles que se preocupam com o país em que o jovem veja na dignidade, no comportamento correto de sua profissão - seja qual for, de carregador e cientista - e na honradez o único caminho que dá dignidade a um povo, confiam que Marina Silva faça um governo que o Congresso não tente macular pelos seus vícios eternos, e faça uma administração de quem quer dar ao povo um sentimento que só o trabalho constrói.

Tags: #eleições2014, Eleições, Francisco, Marina, papa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.