Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

País - Opinião

Basta contra os corruptores, que há 40 anos desmoralizam o Brasil

Jornal do Brasil

Basta. O Rio de Janeiro começou uma campanha de basta contra a falta de segurança que supostamente havia em função da ação de delinquentes, fundamentalmente traficantes de cocaína, que espalhavam o terror na cidade.

Mas basta se deve dizer mesmo é com relação aos escândalos que vêm à tona envolvendo homens da política e grandes empresas. O que se vê nos casos Rodrigo Bethlem, governo Collor, anões do orçamento, mensalão, Correios, Metrô de São Paulo, fiscais do ISS, guardanapos... Elles são sempre os mesmos.

Prender os corruptos é o mesmo que prender os "aviões" das favelas, que vendem papelotes de cocaína, e deixar o grande traficante à solta. Prender o corrupto é prender os batedores de carteira, o trombadinha. Chega a ser covardia.

Os corruptores são os donos dos grandes bancos e empreiteiras envolvidos em escândalos. Estão há décadas roubando, e frequentemente estampam manchetes de revistas e jornais numa sucessão de denúncias, como nesta semana, na Veja. O Ministério Público não pode deixar de se pronunciar.

Alguns delles hoje até usina elétrica têm o privilegio de ter. 

De que adianta querer acabar à força com as passeatas contra a corrupção com a pressão da grande mídia? 

Basta. A lei que acaba de ser votada no Congresso exige que o corruptor seja o mais castigado. O país não pode assistir à covardia dos corruptores, há mais de 40 anos corrompendo e acabando com a possibilidade de o povo ver o Congresso como peça fundamental para o exercício da democracia. O Congresso vem sendo desmoralizado pelo corruptores há mais de 40 anos. 

Sítio do dragão, amigo do sogro, donos das telecomunicações, donos das estradas... Basta!

Tags: basta, brasil, Corrupção, corruptor, denúncia, escândalo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.