Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País - Opinião

Como 'JB' antecipou, vaias aumentam vantagem de Dilma na corrida eleitoral

Resposta ao xingamento no Itaquerão já veio na pesquisa Datafolha

Jornal do Brasil

O resultado da pesquisa Datafolha divulgada no final da noite desta quarta-feira (2/7), que aponta para um aumento na vantagem da presidente Dilma Rousseff sobre os dois principais candidatos à disputa presidencial, confirma o editorial do Jornal do Brasil publicado no dia 14 de junho - "A humilhação reelege Dilma" - prevendo que as vaias proferidas à presidente durante o jogo de abertura da Copa no Itaquerão, na verdade, iria reverter em pontos positivos para a sua campanha. De acordo com a nova pesquisa do Instituto Datafolha, a petista tem agora 38% das intenções de voto, contra 20% do senador Aécio Neves (PSDB-MG), e 9% do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). No levantamento de início de junho, Dilma tinha 34%, Aécio, 19%, e Campos, 7%.

>> A humilhação reelege Dilma

"A presidenta respondeu o que tinha que responder. Seus sofrimentos no corpo e na vida, sentidos no momento mais duro que o Brasil passou, foram grandes. Mas o sofrimento pela humilhação, representando seu país perante chefes de estado de outras nações, pode não ser respondido apenas por ela, mas também pelo povo brasileiro, na ânsia de defender a nação. A resposta pode vir pelas urnas eleitorais.", adiantou em seu editorial o JB. Setenta por cento das pessoas que estavam na Arena Corinthians naquela quinta-feira (12), eram pessoas ligadas diretamente as empresas patrocinadoras do Mundial. A Presidenta Dilma Rousseff foi xingada por uma elite parceira ou diretamente ligada a estas multinacionais e bancos. 

O Jornal do Brasil também antecipou que Dilma Rousseff deve enfrentar um quadro complicado nos principais colégios eleitorais. Em 12 estados, a presidente terá 18 candidatos. Isso acontece devido à aliança com o PMDB. Destes 18, apenas seis lideram as intenções de votos. Sendo que, no Maranhão, o candidato é dividido com Aécio e Eduardo Campos.

Atualmente, quatro estados são governados pelo PT. Acre, Bahia, Rio Grande do Sul e o Distrito Federal. Na Bahia, para as eleições de 2014, as pesquisas apontam o favoritismo de Paulo Souto (DEM), candidato de Aécio Neves. No Rio Grande do Sul, Ana Amélia Lemos, candidata de Aécio, lidera as pesquisas no estado com 38% dos votos

>> Eleições: Dilma tem pela frente um cenário bem diferente do que Lula enfrentou

Veja as intenções de voto em 12 estados

Em São Paulo, segundo pesquisa do Datafolha, Geraldo Alckmin (PSDB) conta com 47% das intenções de voto, contra 21% de Paulo Skaf (PMDB) e apenas 4% de Alexandre Padilha (PT). Em Minas Gerais, 30,6% dos entrevistados pelo CP2 declararam que irão votar em Fernando Pimentel (PT), 19,4% votarão em Pimenta da Veiga (PSDB)  e 6,3% em Vanessa Portugal (PSTU). O candidato do PSB, Tarcísio Delgado, não foi testado em nenhum cenário.No Rio de Janeiro, de acordo com o Ibope, Anthony Garotinho (PR) lidera as intenções de voto com 19%. Marcelo Crivella (PRB) segue na segunda posição com 17%, Luiz Fernando Pezão (PMDB) contabiliza 13% e Lindbergh Farias (PT) 12%.

No Rio Grande do Sul, a pesquisa do Ibope mostra que Ana Amélia Lemos (PP) lidera a corrida eleitoral, com 38% das intenções de votos. Em segundo lugar, 31% dos entrevistados declararam que votam em Tarso Genro (PT). José Ivo Sartori (PMDB) conta com 5% e Vieira da Cunha (PDT), com 3%. No Paraná, 42% dos entrevistados pelo Paraná Pesquisas disseram que votarão em Beto Richa (PSDB), 23% em Gleisi Hoffmann (PT) e 19% em Roberto Requião (PMDB).

A pesquisa do Ibope na Bahia mostra que Paulo Souto (DEM) lidera as intenções de voto com 42%, seguido de Lídice da Mata (PSB), com 11%, e Rui Costa (PT), com 9%. Em Santa Catarina, 45% dos entrevistados disseram que irão votar em Raimundo Colombo (PSD), contra 10% de Paulo Bauer (PSDB) e 7% de Claúdio Vignatti (PT).

No Maranhão, o Instituto Econométrica, apontou que Flávio Dino (PC do B) lidera as pesquisas com 50,2%, contra 29,1% de Lobão Filho (PMDB). Goiás, em pesquisa do Instituto Fortiori, aparece com 37% das intenções de voto em Marconi Perillo (PSDB), 30% em Iris Rezende (PMDB), 9% em Vanderlan Cardoso (PSB) e 7% em Antônio Gomide.

Em Pernambuco, 43% dos entrevistados pelo Ibope declararam que vão votar em Armando Monteiro Neto (PTB), 8% em Paulo Câmara (PSB), 2% em Jair Pedro (PSTU) e 2% em Zé Gomes Neto (PSOL). No Ceará, Eunício Oliveira (PMDB) contou com 39% contra apenas 3% de Ailton Lopes. Os candidatos do PSB e do PT, Eliane Novais e Camilo Santana, não foram testados em nenhum resultado. Por fim, no Pará, Helder Barbalho (PMDB) lidera as pesquisas realizadas pelo Alvo Marketing, com 34,1%. Simão Jatene (PSDB) segue em segundo, com 26,1%.

Tags: Datafolha, eleição, itaquerão, rousseff, xingamentos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.