Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

País - Opinião

Como confiar nos números das pesquisas de intenção de voto?

Jornal do Brasil

O resultado das pesquisas Vox Populi e Ibope mostram divergências que preocupam leitores, que se perguntam como ter certeza de que os números correspondem à realidade.

Especialistas em política atribuem este suposto equívoco do Ibope a uma possível intenção de forçar um segundo turno. Como no resultado da pesquisa não é possível avaliar que um suposto favorecimento a Eduardo Campos levaria a segundo turno, há a preocupação de que um segmento do sistema financeiro esteja interferindo nas pesquisas.

Campos, Dilma e Aécio
Campos, Dilma e Aécio

>> Vox Populi: Dilma tem 40%; Aécio, 21%; e Campos, 8%

>> Ibope: Dilma tem 38%, Aécio 22% e Campos 13%

Mas esta suposta interferência, se realmente houver, não será percebida apenas pelos entendidos de política, mas sobretudo pela própria população, que já se mostra revoltada com escândalos de corrupção. E uma população ainda mais revoltada prejudica frontalmente ao candidato que foi favorecido por essa pesquisa.

A insatisfação do povo com a Copa e com os escândalos não é uma insatisfação singular, é uma revolta contra o sistema, contra o poder que faz com que, como mostra o livro O Capital no século XXI, de Thomas Piketty, só consigam ter lucro ou ganhar dinheiro os que forem amigos do poder. 

Este segmento do mercado financeiro sangra o Brasil cada vez que estas pesquisas são divulgadas e influenciam as bolsas. Este vício de especulação faz com que tenhamos certeza de que o lucro destes senhores é igual ao lucro da corrupção na Copa.

Tags: eleição, percentual, pesquisa, urna, voto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.