Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

País - Opinião

Aécio Neves aparece em primeiro em pesquisa de intenções de voto no DF

Jornal do Brasil

O pré-candidato à Presidência da República do PSDB, Aécio Neves, aparece em vantagem em pesquisa do Instituto Dados, realizada entre 24 e 30 de maio, com 3 mil eleitores do Distrito Federal. 

Na consulta estimulada, registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número TSE BR-00138/2014 e no Tribunal Regional Eleitoral sob o número TRE-00010/2014, Aécio lidera 24,5% dos votos, enquanto a presidente Dilma Rousseff (PT) ocupa a segunda posição, com 18,9%, e o ex-governador Eduardo Campos aparece (PSB) aparece em terceiro, com 10%. O pastor Everaldo (PSC) soma 2,9%; o senador Randolfe Rodrigues (PSOL), 1,9%; e o ex-deputado Eduardo Jorge (PV), 0,8%.

Na pesquisa espontânea - na qual o entrevistado diz em quem votará sem consultar uma lista prévia -, Dilma aparece com 13%, Aécio com 11,2%, e Eduardo Campos tem 3,8%. 

Vale destacar que no Distrito Federal, há uma grande concentração de mineiros, terra de Aécio Neves. E eles se encontram pulverizados, ao contrário da concentração de nordestinos, que ficam concentrados em localidades específicas.

No primeiro turno das eleições de 2010, Dilma não obteve a primeira colocação no Distrito Federal. Na ocasião, a candidata Marina Silva ficou em primeiro, com 41,69% dos votos, Dilma em segundo, com 31,74%, e José Serra em terceiro, com 24,30%.

Pelo menos até o momento, parece que a união entre Marina a Eduardo Campos não tem rendido mais votos ao ex-governador no Distrito Federal (apesar de a candidata a vice pelo PSB ter tido na região uma expressiva votação em 2010, quando era candidata à Presidência). Dilma permanece ocupando a segunda posição nos dois cenários. Já o PSDB vê um salto nas intenções de voto de José Serra em 2010 para Aécio Neves em 2014. A elevada concentração de mineiros no DF explica esta tendência.

Tags: Aécio, Campos, dilma, eleição, pesquisa, voto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.