Jornal do Brasil

Sábado, 2 de Agosto de 2014

País - Opinião

Próxima eleição não terá vencedor

Jornal do Brasil

Entre as muitas especulações sobre as próximas eleições, uma coisa já se sabe com certeza: serão eleições sem vencedores.

Dilma Rousseff está à frente nas pesquisas, mas enfrenta forte pressão de insatisfeitos no meio político, perde cada vez mais força nos estados e tenta segurar sua vantagem cada vez frágil com discursos sem uma direção definida.

Aécio Neves representa uma direta repudiada pela maior parte da população, e ainda tem como principal currículo ser neto de Tancredo Neves. Seus feitos como homem público são pouco conhecidos pela maior parte da população e seu discurso não se alinha com o discurso do povo.

Eduardo Campos, Dilma e Aécio Neves
Eduardo Campos, Dilma e Aécio Neves

Eduardo Campos e Marina representariam - principalmente pela presença de Marina - uma força de extrema esquerda. Marina tem o forte discurso ligado ao meio ambiente e às causas do homem do campo. E Eduardo Campos ainda não tem um nome capaz de representar uma unidade nacional.

Esta oposição Aécio, Campos, Marina, unida, poderia derrotar Dilma. Mas é possível imaginar Marina apoiando Aécio, que defende o agronegócio?

O que se espera realmente destas eleições é que o número de votos nulos e em branco bata recorde.

Com Dilma experimentando o descrédito, e com uma oposição sem unidade, quem ganhar nas urnas não poderá se considerar um verdadeiro vencedor. O próximo presidente não será um legítimo representante da sociedade.

E neste quadro, se protestos continuarem a eclodir, não haverá uma força nacional, um líder capaz de unificar o país.

Tags: Aécio, Campos, dilma, eleição, Marina, urna

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • Celia Maria De Almeida Santos

    DISCORDO, COM TODO RESPEITO. OS PROBLEMAS SÃO MUNDIAIS.A REBELDIA, A BADERNA ESTÃO EM TODA PARTE. E O POVO ,NA SUA SIMPLICIDADE SABE QUEM ESTÁ DO SEU LADO, TENTANDO MELHORAR ALGUMAS DAS MUITAS COISAS RUINS QUE PRECISAM SER MELHORADAS HÁ MUITO TEMPO E NÃO O FORAM.O POVO VAI VOTAR E VENCERÁ QUE ELE QUISER.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.