Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

País - Opinião

Blatter não tem categoria para falar de Lula e do Brasil

Jornal do Brasil

O presidente da Fifa deu entrevista à RTS, da Suíça, comentando as manifestações de quinta-feira (15) no Brasil e afirmando que elas seriam culpa do governo, por não ter cumprido promessas feitas à população.

"Os brasileiros estão um pouco insatisfeitos... Muita coisa foi prometida a eles...", disse Blatter, que citou ainda o ex-presidente Lula, afirmando que seus projetos “não foram adiante”.

"Lula, quando era presidente, prometeu a melhoria do país. Mas, para isso, é preciso a vontade de todos, a vontade do povo para trabalhar."

Joseph Blatter
Joseph Blatter

O Jornal do Brasil não admite que figuras como Joseph Blatter, que preside uma entidade mergulhada em denúncias de corrupção, faça qualquer tipo de comentário sobre a política nacional e muito menos sobre seu povo. Lula foi um presidente democraticamente eleito e teve uma trajetória bem diferente deste homem cuja característica mais marcante é a mediocridade. 

O Jornal do Brasil repele as declarações deste homem sem qualquer tipo de categoria, que era um mero cronometrista de Fórmula 1 antes de ascender na Fifa de forma obscura, apaniguado por corruptos da máfia do futebol que o mundo todo conhece.

É inadmissível que velhacos como este atinjam a dignidade do povo brasileiro e de um presidente respeitado no mundo inteiro pelos homens sérios.

Tags: Fifa, política, presidente, promessa, protesto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.