Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

País - Opinião

Greve dos vigilantes protege bancos e prejudica correntistas

Jornal do Brasil

A greve dos vigilantes, que em meio à onda de protestos que toma conta do país, parece passar despercebida, apesar de estar prejudicando milhares de correntistas.

É uma greve que "protege" o banco. A corda arrebenta para o lado do cliente, como sempre. O banco fica com o dinheiro do correntista - que enfrenta dificuldades para sacar - e não toma providências para que a segurança interna volte ao normal. Afinal, seria tão complicado contratar vigilantes temporários para restabelecer a segurança? Parece mais fácil lavar as mãos e deixar o correntista literalmente "pagar a conta".

Este tipo de greve só existe num país que não tem comando na segurança. E ela atinge as necessidades básicas de quem não consegue sacar dinheiro para comprar seu alimento, seus remédios. 

Enquanto isso, a Justiça trabalhista não age na área do sistema financeiro com o mesmo rigor com que age em outros setores.

Tags: banco, correntista, greve, paralisação, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.