Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País - Opinião

O aproveitador 

Jornal do Brasil

Não é normal o deterioramento e as decisões tomadas por homens públicos quando essas decisões visam exclusivamente conseguir que a mídia os transforme em novos ídolos, nunca em grandes líderes.

As decisões monocráticas de determinadas autoridades permitem uma reflexão sobre esses homens, que pensam que, no Brasil, essas decisões só servem para que, chamando a atenção da opinião pública, se transformem em heróis, para em seguida colocar em risco a sua própria instituição, com a possibilidade de abandonar o posto antes do tempo determinado - encerramento do mandato seria em novembro, mas o afastamento pode vir antes -, para saírem como líderes.

Em compensação, não se importam com o que pode acontecer com a imagem da instituição em que trabalham, podendo colocar em risco a soberania do poder judiciário.

Tags: afastamento, decisões, mídia, país, poder judiciário

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.