Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

País - Opinião

Denúncia no Facebook fala de ligação de sindicato dos garis com Eduardo Paes

Jornal do Brasil

Nas redes sociais, repercute depoimento de internauta sobre a greve dos garis. De acordo com o rapaz, "com uma pesquisa de menos de 10 minutos no google, se descobre que um membro da atual diretoria, no caso o 1º Tesoureiro, Manoel Martins Meireles(http://www.asseiomrj.com.br/institucional/ diretoria.html), foi candidato pelo PTB, partido da base do atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes."

Ainda segundo o texto, "como se não bastasse, dentre as doações recebidas pelo candidato, se destacam duas doações de R$ 10 mil, totalizando R$ 20 mil, de Luciano David de Araújo, presidente do sindicato(http://wikipoliticos.com.br/p/manoel-martins-meireles/financiamento2012)."

O internauta destaca que o vice-presidente do Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Município do Rio de Janeiro acusou os grevistas de "fazerem parte de partidos políticos" e de "a greve ter motivação política".

Denúncia na internet envolvendo o sindicato dos garis
Denúncia na internet envolvendo o sindicato dos garis

"Aí fica bem claro o porquê do sindicato lutar tanto contra a própria categoria em prol do bom relacionamento com a prefeitura.

Viva a greve dos garis! Abaixo o sindicato pelego!", termina o texto que, às 13h desta sexta-feira (7), já tinha 40 compartilhamentos. 

Apesar das acusações, até o momento não havia nenhuma resposta oficial contestando as afirmações. 

O Jornal do Brasil espera que a denúncia não seja verdade. Se for, o prefeito Eduardo Paes não tem o que fazer se não se licenciar. 

E a população deve continuar a agir como está agindo: evitando Eduardo Paes.

Tags: Facebook, gari, lixo, manifestação, protesto, reivindicação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.