Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

País - Opinião

Não admitimos a covardia de quem usa as mãos do povo para esconder seus crimes

Jornal do Brasil

Se o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol-RJ) estivesse na posição de estilingue, já teria pedido uma CPI. Razões das manifestações podem existir. Claramente não são o aumento da passagem de ônibus.

Segmentos da sociedade vivem um estado de desespero, acompanhando diariamente escândalos que envolvem autoridades públicas. Hoje mesmo o Jornal do Brasil publica artigos como o da revista americana Forbes e o do Metro Internacional, que destacam a violência às vésperas da Copa do Mundo, e que a competição não poderia ser realizada aqui. 

Forbes publica reportagem criticando o Brasil
Forbes publica reportagem criticando o Brasil

>>Forbes divulga pesquisa considerando o Brasil não civilizado e controverso

>> 'Metro': 'É hora de a Fifa retirar a Copa do Brasil e entregá-la a outro país'

O Jornal do Brasil tem se manifestado sempre contra a truculência da Fifa, mas o JB não pode admitir que um jornalista, ou que a imprensa muitas vezes responsável por fazer denúncias e avisar dos desmandos de um governo, seja atingida por quem está defendendo a sociedade. 

Não podemos concordar com esta barbárie e pedimos ao homem público que, se por qualquer razão estiver usando o mecanismo de insuflar o povo ou apoiar a barbárie, seja o primeiro a colaborar com o poder de polícia e, em seguida, perder o seu mandato. 

Podemos admitir qualquer tipo de processo reivindicatório, mas não admitimos o da covardia, onde as mãos do povo são usadas para que o verdadeiro criminoso não deixe impressões digitais. 

Tags: autoridades, Forbes, freixo, manifestações, públicas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.