Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

País - Opinião

O grande ausente

Jornal do Brasil

O mundo homenageia Nelson Mandela, com lamentos mas também com sorrisos, pois tem certeza que o mundo mudou, e quem o fez mudar foi ele.

Mandela, um homem do mundo, e o mundo o homenageia nestes 15 dias como se realmente ele fosse seu dono, dono de um mundo de paz, felicidade, amor, de confraternização e de igualdade.

Mandela morreu na época de Natal, e foi para o céu dos católicos, como no nascimento de Cristo, celebrado no Natal - que veio ao mundo para trazer a paz e fundamentalmente a integração de um mundo que na época vivia em conflitos.

No Brasil, que nunca teve qualquer discriminação racial, mas que a desigualdade econômica provocava a separação de oportunidades, o presidente Lula indicou para o STF um representante do segmento afrodescendente. Um magistrado como a lei manda: além dos requisitos morais, também tem saber notório. Um magistrado que, presidindo o Supremo Tribunal Federal, se tornou o homem do momento, com destaque na grande imprensa e nos diversos segmentos da sociedade.

Nesse momento em que o mundo homenageia, com tristeza mas sorrindo, Nelson Mandela, Joaquim Barbosa foi o grande ausente do Brasil nos seus funerais.

Tags: líder, Mandela, morte, Nobel, PAZ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.