Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Economia - Negócios e Marketing

Nasajon Sistemas recebe, pela 15ª vez, o prêmio Great Place to Work

Jornal do Brasil

Nasajon Sistemas foi eleita uma das melhores empresas para trabalhar no Rio de Janeiro. De acordo com levantamento da consultoriaGreat Place to Work, uma das mais respeitadas do mundo no assunto, a empresa é a 11ª do Estado. Esta foi a 15ª vez que a empresa figura na lista. Além do Rio de Janeiro, categoria em que configurou nos anos de 2008, 2009, 2010, 2013, 2015 e 2016, a Nasajon também já recebeu anteriormente o prêmio nas categorias Nacional (2007 e 2008) e Tecnologia (2007, 2008, 2009, 2010, 2013, 2015). O grupo de trabalho da GPTW 2017 contou com parceria do jornal O Globo, do Grupo Hel e da ABRH-RJ (Associação Brasileira de Recursos Humanos).

De acordo com levantamento da consultoria Great Place to Work, uma das mais respeitadas do mundo no assunto, a empresa é a 11ª do Estado

São os nossos colaboradores, com as suas atitudes individuais, que constroem o ambiente que faz da Nasajon o que ela é – uma das melhores empresas para trabalhar – desde 2003. Os sócios e gestores, claro, têm sua cota de responsabilidade, porque a cultura é criada a partir das diretrizes, mas são as centenas de pessoas que aqui trabalham os verdadeiros heróis desta história. O segredo está em construir um time que tenha princípios e valores alinhados com os da empresa”, declara Claudio Nasajon, sócio-fundador que recebeu o troféu, entregue na noite desta segunda (31) no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort. Além de Claudio Nasajon, também estava presente o diretor de relacionamento Carlos Ferreira.

A colocação da Nasajon no ranking da décima edição do prêmio ressalta sua melhora substancial no ranking: escalou 12 posições, ante à 23ª posição, em 2016, no mesmo prêmio. O ranking é feito com base nas respostas dos colaboradores das empresas inscritas às questões da pesquisa, realizada no início de abril.

Recorde de empresas inscritas

Segundo os organizadores do evento, esta edição teve o maior número de empresas inscritas no prêmio. Para procedimento de pesquisa e ranqueamento, as 50 seletas empresas foram agrupadas em três grupos: 10 selecionadas para as pequenas empresas (até 99 colaboradores), 30 para as médias (100 a 999) e 10 para as grandes (1000 em diante).



Tags: análise, commodities, dólar, economia, estagnação, inflação

Compartilhe: