Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Leitor Repórter

Ex-trabalhadores da Varig estarão em frente ao Tribunal de Justiça - RIO

Movimento ACORDO JÁ!

Na próxima quinta-feira, 28 de junho, vai realizar-se o leilão de imóveis e sucatas de aeronaves da Varig, Rio Sul e Nordeste Linhas Aéreas.

Convocados pelo Movimento ACORDO JÁ! um grupo de ex-trabalhadores da Varig, Aposentados e Pensionistas do fundo de pensão Aerus estará na frente do Tribunal de Justiça do Rio, a partir das 13h.

Com a falência da transportadora e a liquidação do fundo de pensão, os que trabalhavam na empresa ainda não tiveram os seus direitos trabalhistas quitados, desde 2006! E, claro, não tiveram acesso às suas poupanças desse fundo de pensão. E os já aposentados recebem agora 8% do que têm direito. (!!)

O Tribunal de Justiça do Rio realiza no próximo dia 28, a partir das 11 horas, o leilão de imóveis e sucatas de aeronaves da Varig, Rio Sul e Nordeste Linhas Aéreas. O leilão foi determinado pelo juiz Luiz Roberto Ayoub, titular da 1ª Vara Empresarial da Capital, e acontecerá no auditório da Corregedoria Geral da Justiça, localizado no 7º andar do Fórum Central, na Avenida Erasmo Braga 115.

Do total das sete sucatas de aeronaves que serão vendidos, cinco estão no aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, e duas no aeroporto Salgado filho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Os imóveis e salas comerciais estão avaliados em mais de R$ 40 milhões e estão localizados em diversas cidades brasileiras, como Recife, Ceará, Maceió, Salvador, Belo Horizonte, Blumenau, Florianópolis, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Graças à nova lei, já há uma possibilidade de alienação sem a formação do quadro geral de credores. Esta foi a grande novidade que a Lei de Falências e Recuperação Judicial proporcionou neste caso”, afirmou o juiz Luiz Ayoub.

Ele disse também que os primeiros beneficiados com a venda dos bens da Varig serão os empregados que continuaram trabalhando depois da falência e fornecedores. O segundo grupo será de funcionários e demais colaboradores. Após, virão os credores com garantia real, como o Aerus Fundo Previdenciário.

Os leiloeiros públicos oficiais que farão o pregão são Luiz Tenório de Paula, Silas Barbosa Pereira, Rodrigo Lopes Portella e Jonas Rymer.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 19-06-2012

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.